Uma lista completa dos códigos de pagamentos com cartão recusados e o que cada um significa

Payments
Payments

Aceite pagamentos online, presenciais e de qualquer lugar do mundo com uma solução desenvolvida para todos os tipos de negócios, de startups em crescimento a grandes multinacionais.

Saiba mais 
  1. Introdução
  2. O que é a autorização do cartão?
  3. O que é um código de pagamento recusado?
  4. Tipos de pagamento com cartão recusado
  5. Lista de códigos de pagamento com cartão recusado

Um pagamento recusado complica as coisas para todo mundo. O cliente logo se pergunta o que aconteceu com o cartão ou a conta, enquanto a empresa não tem certeza se a transação pode ser concluída. Nenhum tipo de pagamento está imune a recusas. Pode acontecer quando o cliente vai ao caixa da loja com o carrinho cheio de produtos, quando ele clica em "fazer checkout" no site da empresa ou quando dá algum erro na configuração de pagamento recorrente do cliente.

Pagamentos com cartão recusados podem ocorrer por diversos motivos e podem causar a perda de uma venda. Para evitá-los, é preciso entender como as transações com cartão de crédito são autorizadas e o que pode causar um pagamento recusado. Os processadores de pagamentos fornecem códigos de pagamento recusado que indicam o motivo da rejeição da transação. As empresas precisam aprender a reconhecer e entender esses códigos para reagir corretamente a uma transação com falha e, possivelmente, recuperar a venda.

O que é abordado neste artigo?

  • O que é a autorização do cartão?
  • O que é um código de pagamento recusado?
  • Tipos de pagamento com cartão recusado
  • Lista de códigos de pagamento com cartão recusado

O que é a autorização do cartão?

Autorização do cartão é o processo de aprovação que verifica se o titular do cartão tem fundos suficientes para cobrir a compra que está tentando fazer. Ela ocorre nos sistemas internos quando uma transação com cartão é processada.

No caso de uma transação presencial, o cliente passa, aproxima ou insere o cartão em uma máquina de cartão. No caso de uma transação online, ele insere os dados de pagamento quando solicitados. Os dados da transação são enviados pelo terminal da empresa para o adquirente (também chamado de "banco adquirente"), a instituição financeira que representa a empresa.

O adquirente direciona a transação para a bandeira de cartão correta e garante que os fundos sejam depositados na conta certa. O adquirente envia uma solicitação ao emissor do cartão (também chamado de "banco emissor"), a instituição financeira que emitiu o cartão de pagamento ao titular do cartão.

O emissor analisa a conta do titular do cartão e verifica se há fundos suficientes ou crédito disponível para concluir a transação. Em caso afirmativo, o emissor retira o dinheiro da conta do titular do cartão e o envia para o adquirente, que deposita os fundos na conta emissor.

O que é um código de pagamento recusado?

Um pagamento recusado costuma ter um código de erro alfanumérico de dois dígitos que indica por que houve falha na transação com cartão. Embora o código possa vir de várias fontes, geralmente ele é gerado pelo banco emissor, pelo processador de pagamentos ou pela rede de crédito.

Nem sempre as empresas podem ver o código exato. Se elas usam um processador de pagamentos como a Stripe, pode ser que vejam outros códigos exclusivos que indicam o motivo da falha e o que deve ser feito para resolver o problema e concluir a transação.

Tipos de pagamento com cartão recusado

Há diversos tipos de pagamento com cartão recusado. O motivo mais comum para a recusa é a falta de fundos ou créditos suficientes, representando 44% dos pagamentos recusados de acordo com um estudo da Ethoca. As empresas não têm muito o que fazer nesses casos, pois o problema vem do titular do cartão. As opções de compre agora e pague depois, que a Stripe aceita, podem ajudar a reduzir os pagamentos recusados devido a fundos insuficientes. Além disso, o titular do cartão pode precisar transferir dinheiro de outra conta para a conta com fundos insuficientes a fim de concluir a transação.

Outro motivo comum para pagamentos com cartão recusados se refere aos dados incorretos. Esse problema é mais comum em transações online, em que os titulares do cartão devem inserir o número do cartão, o CVV e a data de validade do cartão. Um em cada cinco pagamentos com cartão recusados ocorre quando o cliente comete um erro e insere dados incorretos. O titular do cartão pode resolver isso com facilidade reinserindo os dados corretamente.

Os pagamentos com cartão também podem ser recusados devido à suspeita de atividades fraudulentas, que podem ser acionadas por compras grandes ou um volume grande de transações em um curto período. O titular do cartão pode resolver esse problema se comunicando com o banco emissor e confirmando a identidade para autorizar as cobranças.

Às vezes, os cartões são recusados porque ainda não foram ativados. O titular do cartão pode resolver esse problema concluindo o respectivo processo de ativação. Da mesma forma, um cartão vencido será recusado, e o titular do cartão terá que usar outra opção de pagamento. Cartões com chips ou tarjas danificadas também podem resultar em pagamento recusado caso o terminal não consiga lê-los. Nesse caso, o cliente deve inserir manualmente os dados do cartão ou realizar o pagamento por aproximação, se disponível.

Cartões também são recusados se o terminal não é compatível com a bandeira do cartão. Por exemplo, se o cartão usa a bandeira American Express e o terminal não se comunica com ela, a transação não é processada. Soluções como a Stripe trabalham com a maioria das principais bandeiras de cartão nos EUA e no mundo todo, o que ajuda a evitar pagamentos recusados devido a bandeiras de cartão não aceitas.

Lista de códigos de pagamento com cartão recusado

Esta é a lista de códigos que poderão aparecer se o operador determinar que não é possível processar a transação. Cada código se refere a um motivo diferente pelo qual o pagamento foi recusado.

  • 01: Consultar o emissor
  • 02: Consultar o emissor (condição especial)
  • 03: Comerciante inválido
  • 04: Retirar cartão (sem fraude)
  • 05: Não honrar
  • 06: Erro
  • 07: Retirar cartão (fraude)
  • 10: Aprovação parcial
  • 12: Transação inválida
  • 13: Valor inválido
  • 14: Número de conta inválido
  • 15: Esse emissor não existe
  • 19: Reinserir a transação
  • 21: Nenhuma ação realizada
  • 25: Não foi possível localizar o registro no arquivo
  • 28: Arquivo temporariamente indisponível para atualização ou prejuízo
  • 41: Retirar cartão perdido
  • 43: Retirar cartão roubado
  • 51: Fundos insuficientes
  • 52: Não há conta corrente
  • 53: Não há conta poupança
  • 54: Cartão vencido
  • 55: PIN incorreto
  • 57: Transação não permitida (cartão)
  • 58: Transação não permitida (terminal)
  • 59: Suspeita de fraude
  • 61: Excede o limite de valor para aprovação
  • 62: Código de serviço inválido/restrito
  • 63: Violação de segurança
  • 64: Transação não cumpre o requisito de AML
  • 65: Excede o limite de valor de saque
  • 70: Dados de PIN obrigatórios
  • 75: Limite de tentativas de informar o PIN ultrapassado
  • 76: Anulação não solicitada
  • 78: Bloqueado (primeiro uso)
  • 79: Já anulado
  • 82: Resultados negativos de CAM, dCVV, iCVV ou CVV
  • 85: Não há motivo para recusar
  • 86: Não é possível verificar o PIN
  • 91: Emissor ou troca indisponível
  • 92: Não foi possível direcionar a transação
  • 93: Não é possível concluir a transação (violação de leis)
  • 96: Erro de sistema
  • 97: CVV inválido
  • 1A: Autenticação adicional de cliente obrigatória
  • R0: Cobrança recorrente interrompida por solicitação do cliente
  • R1: Cobrança recorrente interrompida por solicitação do cliente

A Stripe usa seus próprios códigos, que abrangem vários dos possíveis motivos dos códigos tradicionais, mas especificam o problema com mais clareza. Estes são os códigos de pagamento recusado da Stripe:

Para saber mais sobre como gerenciar pagamentos recusados e falhas nas transações com a Stripe, clique aqui.

Vamos começar?

Crie uma conta e comece a aceitar pagamentos sem precisar de contratos nem dados bancários, ou fale conosco para criar um pacote personalizado para sua empresa.